Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: esperei-te do passado ao futuro
recomeça o futuro sem esquecer o passado

15 de setembro de 2009

esperei-te do passado ao futuro

Parece que o tempo viajou por mim e me deixou neste presente que é nem Verão nem Outono antes pelo contrário. Sou um presente de passado vivo com imagens de futuro magnânimo que se transforma num túnel de passagem lenta, sabor a café e cheiro de cigarro fumado no antigamente da vida. Se tivesse chapéu ele seria de abas como que a me esconder os olhos na frescura duma sombra como se fosse uma garrafa de água mineral que me trata a azia. Gole a gole bebo cada imagem que filtro da memória, barba de três dias como quem abandonou o presente perfeitamente delineado e assumiu um presente desajeitado duma bola de futebol fingindo ser de cristal onde o futuro está incluso, pernas traçadas num desleixo posicional que me permite ver para além do alcance dos olhos. Vejo o teu sorriso estampado no teu sonho elevando-se nos ares dum qualquer ser superior. Aqui sentado, espero o cálice do tempo, fresco de agora.



Sanzalando
Posted by Picasa

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007