Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: Tanto mar ou não
recomeça o futuro sem esquecer o passado

14 de março de 2010

Tanto mar ou não

Não sei quando estarei na última página. Não conheço este livro chamado destino. Comecei a lê-lo sem o ter pedido a ninguém, vou-o lendo página a página, umas vezes com vontade voraz de o ler todo repentinamente, outras vezes leio-o preguiçosamente como se fossem difíceis as palavras ou a vista não está para ali virada. Mas neste livro sempre encontro o mar. Separa-me. Embala-me. Enamora-me. Azul. Verde. Branco. Castanho. Salgado sempre.
Por isso hoje fui ver o mar. Simplesmente isso: vê-lo.

Sanzalando

2 comentários:


WebJCP | Abril 2007