Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: sorrio por amor, ou não
recomeça o futuro sem esquecer o passado

16 de janeiro de 2012

sorrio por amor, ou não

Sorrio para não morrer de amores.

Me contaram, faz tempo, uma estória onde o amor não era derrotado nem por espadas, canhões ou outras armas de destruição passiva. Só o sofrimento matava o amor, tornava-o vazio, solitário e quem sabe azedo. Nessa estória, os soldados sorridentes venciam corpos invisíveis carregados de nada, olhares cegos, faces sem mímica. Os derrotados caiam num ápice porque não sabiam a força que o amor pode ter.
Pouco mais me lembro da estória e parei para ver, se a minha estória, tinha algo de comum. Não venci a guerra mas não sofri de amor.
Digo eu, porque sorrio.




Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007