Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: 28 de Outubro de 1956 às 16:00 horas me disseram
recomeça o futuro sem esquecer o passado

28 de outubro de 2013

28 de Outubro de 1956 às 16:00 horas me disseram

Olha o tempo. 
Tempo, não o quente ou frio, mas o outro. Aquele que tem os seus segredos. Aquele que, dizem, resolve coisas como a saudade, a distância e a desilusão. Aquele que tem vários problemas, desde o não poder ser acumulado, o como resolve as coisas ou como as coisas se resolvem, o que tem quem lhe falta e quem tenha a mais. Aquele que só te dá uma instante.
Olha o tempo. 
Aquele que, por ser gasto, leva ao envelhecimento.
Aquele que, ao ser perdido, causa danos irrecuperáveis.
O tempo, essa fatalidade da pontualidade. 
Hoje não tenho tempo para ver o que o tempo faz!
Hoje dou tempo ao tempo.



Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007