11 de novembro de 2009

tenho um coração

Tenho um coração que bate ao ritmo dum relógio, às vezes parece-me que bate acelerado, mais depressa que outras que bate lentamente como que a poupar-se. Mas ele bate no meu interior e na maior parte das vezes nem me lembro que ele está por lá, no meio dos meus medos e sentimentos, na amalgama das minhas dúvidas e emaranhados de certezas. Algumas vezes eu penso mesmo que ele está ausente em parte incerta, vagueando demente por esse mundo louco e deixa-me pensamentos que eu chamo de sonhos, labirintos de incertezas, lágrimas de muitas cores e causas. Outras vezes dá-me um deserto de palavras para eu compor um puzle que compreenda a minha existência, pese o valor dum amor impossivel, observe um sorriso inexistente.

Tenho um coração que me deixa enfrentar o futuro, que me atira para um mar desconhecido em que suspiro em cada braçada, que me eleva às nuvens num apara quedas irrecuperáveis, que me desperta melancolias e gemidos de saudade.

Tenho um coração que hoje faz anos, lentamente num ritmo acelerado.


Sanzalando

4 comentários:

  1. Interessante o blog.. parabéns, ja estou viajando nos posts. Qdo der visitem meu blog WWW.ECOSDOTELECOTECO.BLOGSPOT.COM . Sucesso à todos

    ResponderEliminar
  2. Jota:
    Parece-te que o coração vai de férias, mas felizmente ele não vai. SBJ

    ResponderEliminar
  3. No perfil li escorpião. Percorri este mês à espera de um indicador do seu dia. Parabéns por ter nascido num mês tão bonito. Não é por nada, mas é só o mês em que pari duas crias, as que tenho, o mês da minha mãe e do meu irmão. Quando engravidei da minha cria mais velha queria que ela nascesse a 11 de novembro por ser dia da Independência mas não me aguentei à bronca e nasceu na véspera, é portanto sua vizinha de dia, 10 de Novembro, e escorpião, mesmo. Se for por aí já sabe o que tenho que gramar, com 1 filha que faz jus ao signo complicado que é o escorpião. É porém uma filha linda, maravilhosa, inteligente, um dos meus orgulhos, não fosse ela escorpião...

    ResponderEliminar
  4. peço desculpa mas acho que me enganei sobre o seu dia de aniversário. Pareceu-me que afinal é a 28 de Outubro. Esta minha língua de trapos na ponta dos dedos, está sempre a pregar-me partidas. não páro para pensar, desculpe sim, fui " enganada " pelo " coração que hoje faz anos ", mas a culpa é minha que ainda não consegui ler tudo de forma a conhecê-lo melhor no que aqui nos permite.

    ResponderEliminar

recomeça o futuro sem esquecer o passado