Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: Ociosamente ócio
recomeça o futuro sem esquecer o passado

23 de novembro de 2004

Ociosamente ócio

"Fio": Um café na Esplanada
carranca
Respostas:
689
Visualizações:
18275

Ociosamente ócio 22-11-2004 14:54
Forum:
Conversas de Café
Sigo, parado no corpo, com os olhos no sentido dos ponteiros do relógio em busca de nadas e vejo coisa nenhuma. Aqui sentado viajo pelo mundo, chego onde me leva a imaginação, sem ocupar espaço sem abusar do tempo.Bebo geladinha a loira das bolinhas.Senta, avilo, e me diz porque o ócio, actividade de contemplação contemplativa é considerado uma afronta afrontada, já que vivemos no climax do capitalismo onde a gente já nem tempo para nós mesmo. Tem aí um espanhol Sòria que diz que o ócio é o exercício contínuo da liberdade; o ocioso não pode trabalhar pois tudo o que faz é por prazer. Vais ver vão dizer que o gajo é doido e preguiçoso. Antigamente havia gente que tinha que trabalhar e outros podiam ficar mesmo dedicados á arte e à filosofia. Tem esse tal de Toffler que dizia que no século XXI o povo estaria liberto de uma série de coisas e que a grande industria seria o lazer. Já sei que vais dizer que não estava prevista a obsessão com a competitividade nem a globalização.Senta, mermão, e contempla comigo o vazio do ócio.Vais ver ainda vão dizer que estar aqui a debitar umas conversas contigo não é trabalho, que não podes pagar as loiras porque estás a fomentar o ócio do ocioso, que o mal deste mundo é mesmo o excesso de ócio. Ócios dos ofícios.
Sanzalando em Angola
Carlos Carranca

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007