Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: Me sento com o silêncio
recomeça o futuro sem esquecer o passado

18 de julho de 2007

Me sento com o silêncio

Me sento só por aqui. Olho e fico na atenção do silêncio.
Ocorre às vezes ser visitado assim pela tristeza e sem ser avisado. Se eu não lhe convidei nem tão pouco lhe ouvi chegar porque ela veio aqui me visitar?
Me inquieta e acho até é mau presságio e me pode levar ao descontrolo e ao improviso. Acho mesmo melhor ir procurar nos abismos da minha consciência e lhe ver a origem.
Talvez se deva à minha ausência de mim, ao abandono em que me abandonei, às palavras que não disse, às rugas que não disfarcei, às frases que me tropeçaram num enrolar de lábios. Talvez seja porque hoje é dia de silêncio e o melhor mesmo é pôr o capacete e dar uns mergulhos no final do zulmarinho e com o seu ar gelado me curar dos hematomas pensamentais.
Me sento só por aqui, na opacidade da minha lágrima.

Sanzalando

4 comentários:


WebJCP | Abril 2007