28 de setembro de 2007

por amor

Me sento por aqui com a alma por lá, o que quer dizer que estou onde não estou ou coisa que o valha. Mas eu te explico: eu estou aqui, onde me sento, mas eu viajo pelas ondas do pensamento, pelo que já nem sei mesmo onde é que eu estou ou deveria estar.
Na verdade, de tanto ter pegado nas minhas asas, de tanto ter viajado por essa magia enorme que é o pensamento, que elas às vezes parecem quer desistir de me levar. Me custa cada vez mais começar um voo e o meu coração sofre em cada aterragem de regresso.
Às vezes mesmo apetece é largar as asas e caminhar com os pés em terra firme.
Mas afinal de contas eu lhe faço por amor.
Mas sempre ouvi dizer que por amor tudo se dá e tudo se troca, por amor rimos, choramos e sofremos. Por amor fazemos loucuras.
Mas afinal de contas o que tem o amor para nos fazer ser assim?

Sanzalando

4 comentários:

  1. Ainda não lhe descobri.

    Tenho saudades tuas.

    I.

    ResponderEliminar
  2. Quem sabe,só sentir, apenas sentir.
    Quem sabe,deixar de pensar, há que descansar.

    estrela

    ResponderEliminar
  3. Tb num sei, mas que é bom é!

    Beijoka de mil e cinco cores!

    Anel

    ResponderEliminar
  4. Tem sabores dissabores, tem loucuras, tem de tudo. Sei lá é bom demais. Pena que não existe. hehehe! To brincando.

    ResponderEliminar

recomeça o futuro sem esquecer o passado