13 de janeiro de 2005

Um 2000 diferente

"Fio": Um café na Esplanada

carranca
Respostas:
879
Visualizações:
22476
Um 2000 diferente Hoje, 20:13
Forum:
Conversas de Café
Senta só aqui, mermão, e vamos aviar as birras que temos aí numa geleira qualquer.Sabes, mermão, não sou dessas coisas de religião, superstição, medos e coisas assim de mau olhado. Mas tinha dito, faz muito tempo, que não ficaria na Europa quando mudasse de 1999 para 2000. Sabes mermão, é daqueles fillingues. Te explicar eu desconsigo por completo. Bebe, mermão, sentindo o perfume e ouvindo a música que sai desse zulmarinho.Então, mermão, depois de comprar máquina de lavar roupa, fogão, ferro de engomar, casinha para meter estas coisas todas lá dentro, sobrou nada. Ai, mermão, espera só, deixa beber meia garrafa que te conto o resto. 26 de Dezembro, depois de 24 horas a bulir, começou a dar nervoso forte. 31 estava a chegar e como é que é? Vais descumprir a promessa que te fizeste a ti mesmo? Não pode ser. Tens que pensar rápido. E mais nervoso ficava na sobra para mim.Dia 30, acabado o horário, gasóleo no carro e arranca. Sevilha. Não, isso fica na Europa. Ceuta? Arranca para lá. Algeciras era já noite. Um quarto numa pensão que mais não havia. Ambos os mais, o cifrão e vagas no Hotel. 31 mete-se carro no barco e chovia, e balouçava e vomitava e fumava. Saida do barco. Um hotel cheio, e outro e outro. Saida de Ceuta. Posto de fronteira. Gente simpática, muitas perguntas e poucas respostas.Deixa beber a outra meia antes que aqueça.Mermão, passada a barreira fiquei mesmo logo na primeira cidade. Hotel havia. Birras que não mas lá se arranjou maneira de ter.Mermão, foi assim que entrei em 2000. Dia 1 toda a viagem de retorno mas muito mais novo.Bebe, mermão que merecemos.
Sanzalando em Angola
Carlos Carranca

Sem comentários:

Enviar um comentário

recomeça o futuro sem esquecer o passado