Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: palavras light = 0 % de assunto (27)
recomeça o futuro sem esquecer o passado

30 de agosto de 2007

palavras light = 0 % de assunto (27)

Me sento por aqui e me recosto num não fazer nada. Me dizem que preciso é descansar e eu lhe faço com sacrifício. Se fosse noutra altura até que eu não ia dizer que não. Mas assim como que em obrigação até custa. Nem parece é descanso. Me apetece mesmo é largar-me por aí e deixar que o tempo leve as minhas tristezas e preocupações, bem como seque as minhas lágrimas.
As más notícias me cercam continuamente e, se elas não chegam, a minha cabeça lhas fabrica como se elas fossem um dever de ser continuado.
Mas eu sei que quando reunir as forças para dar a volta encerrarei esta borbulha de dor e mágoa e enfrentarei o destino como lhe sempre fiz.
Me sento por aqui e vejo o mundo a cair em pedaços, assim parece um cristal depois de cair duns metros de palavras ditas, num reflexo desfigurado. Cada pedaço é um pouco de mim. Falta a paciência para lhes reunir e com cola lhe fazer a reconstrução. Mas com mais ou menos lágrimas, com sorrisos forçados ou gargalhadas vivas num on-line, com suor e dores musculares caminharei pelos sonhos sonhados e ainda não realizados.
Me sento por aqui sabendo que um dia me levantarei e voltarei outra vez, quantas as necessárias, a fazer os caminhos traçados até lhes atingir o fim.
Estou a me habituar à dor, à saudade e às feridas, mas tudo isto um dia não passará de estória contada num dia cinzento da vida.
Jamais serei um condenado ao sofrimento eterno, enquanto tiver a capacidade de recordar os sonhos sonhados.

Sanzalando

5 comentários:


WebJCP | Abril 2007