28 de agosto de 2007

palavras light = 0 % de assunto (25)

Me sento e espero. As andorinhas estão a ocupar todos os fios que lhe consigo ver da minha janela. Vão me deixar aqui e vão partir. Lhes pergunto a direcção e não me respondem. Vais ver não entendem a minha voz suave e sumida.
Mas é bonito terem vindo na minha rua como que a me dizer adeus.


Sanzalando

9 comentários:

  1. Oi, amigo!
    Não tem uma frase que diz:

    "Uma andorinha só não faz verão!"

    ?

    Elas irão buscar mais verão e talvez estejam te dizendo:

    Até breve! Até o próximo verão!
    ou então...Vem junto!
    Porque não?

    Um beijo no teu coração.

    ResponderEliminar
  2. Fuzileiro Especial disse:
    Uma andorinha não faz a Primavera, creio ser a frase correcta...
    Que depressão, calma aí meu kamba.....

    ResponderEliminar
  3. É depressão?

    Parece estar pedindo ajuda.
    Então não fique sentado esperando.
    Saia já dessa, faça alguma coisa.
    Procure ajuda de verdade onde possa se encontrar.
    Sei que na depressão não se quer encontrar nada. Mas faça um esforço e saia já.
    Fico muito triste e com uma sensação de impotência terrível, Faria qualquer coisa para ajudar.
    Juro.

    ResponderEliminar
  4. Não vão nada te deixar aí!
    Vão, aí, deixar-te um beijinho e tenho a certeza que voltarão amanhã novamente!

    Beijokas de mil e duas cores!

    ResponderEliminar
  5. Viva Carlos:

    Bem que lhes poderias pedir uma boleia... elas vão para o destino que tu muito procuras :-)

    Boa semana.
    Um abraço,

    ResponderEliminar
  6. Foi só despedir de até pró ano.

    Leio esta tristeza e fico com vontade de procurar as andorinhas e lhes perguntar qual é a janela em que devo bater. Soubesse eu não era abuso e ia nessa tua rua...

    Abraços apertados

    ResponderEliminar
  7. Foi só despedir de até pró ano.

    Leio esta tristeza e fico com vontade de procurar as andorinhas e lhes perguntar qual é a janela em que devo bater. Soubesse eu não era abuso e ia nessa tua rua...

    Abraços apertados

    ResponderEliminar
  8. Não vieram nada dizer adeus... não vês que se dissessem adeus cairiam do fio?!!!! Dahhh!!!
    Estavam a telefonar à borliu, isso sim, pois elas não precisam dessas modernices de telemóvel... basta poisar no fio e esperar pela sua vez.
    ... e tá na hora de aprenderes linguagem gestual, para comunicares com elas já que me parece que não pescas nada de andorinhês.
    (isto tá um comentário bem bizarro, lololo)
    SJB

    ResponderEliminar
  9. As andorinhas reflectem no conhecimento imenso que possuí.
    Aguardam para falar.
    Esperam pacientemente que lhes dê o conforto e o bem-estar para ganharem forças para prosseguir.
    Fale-lhes verá que lhe respondem prontamente.
    O segredo sensato e presente em si irá conduzi-las, verá!
    Não acredito no contrário.
    Abraço
    pena

    ResponderEliminar

recomeça o futuro sem esquecer o passado