Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: Silêncio de hoje
recomeça o futuro sem esquecer o passado

12 de junho de 2007

Silêncio de hoje

Me sento aqui na areia a te contemplar. Esparramada na areia, ali estás junto a mim. Me segues se eu seguir, ficas se eu ficar. Ouves-me se te falo, compreendes-me se me ponho em silêncio. Só tu me podes aturar nas minhas certezas nas minhas dúvidas.
Hoje te podia dizer que me doem as costas de carregar o mundo e se me fecha o sorriso por trazer a infelicidade do mundo dentro de mim.
Mas não te vou dizer nada disto.
Vou só mesmo dar-te o meu silêncio e contemplar a imaginação com o que existe para além da linha recta que é curva, saboreando o marulhar como se fosse música.

Sanzalando

1 comentários:


WebJCP | Abril 2007