Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: medos
recomeça o futuro sem esquecer o passado

18 de julho de 2012

medos

Já tive medo de ser o que sou, de tentar o que não consegui. Tive medo da chuva e de me perder no escuro. Já tive medo de noites sem dormir e de dormir e não acordar. Tive medo da vida agitada, do silêncio e das vozes sem dono.
Já tive medo de não saber o que seria a felicidade.Tive medo que ela fosse um presente embrulhado em papel de passado ou um futuro rasgado em tiras de desperdício.
Já tive medo de não ter planos e de não conseguir sonhar.
Já tive medo de não ter palavras, assim como tive muito medo de não existir.
Já tive e ainda tenho medos que não esqueci.


Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007