Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: sorrindo ao cacimbo
recomeça o futuro sem esquecer o passado

5 de julho de 2012

sorrindo ao cacimbo

Atiro-me de corpo e alma para areia húmida da manhã de cacimbo que faz na praia. Estou aqui mesmo porque é ficção. Ninguém vem para na praia em dia de cacimbo. Só louco ou quem quer arrumar armários mentais. Me fico no segundo grupo, acho.
A melhor vingança é ser feliz. Tem melhor coisa que sorriso de orelha a orelha? Olheiras de olhos que choram? Que é que é isso? Nada melhor que uma cara assim com que transparente, reluzente e atraente de quem acorda de manhã duma noite tranquila. Tem melhor? Desconheço por completo e não me importo ter esse desconhecimento.
Se tem quem me quer ver assim num morrer cinzento de dia cinzento a cada dia que passa vai,vai morrer querendo.
Eu sorrio até para as manhãs de cacimbo e aproveito cada segundo como se não tivesse mais por aí.
Tás bem?
Claro que sim., respondo sem hesitar. 

Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007