Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: Palavreado solto
recomeça o futuro sem esquecer o passado

28 de setembro de 2013

Palavreado solto

Eu, declaro que o Amor se torne uma rotina de modo a não ficar enjoativo, melgado, ocupante e transbordante, gasto e repelente.
Mais declaro, em aproveitamento, que mais nenhum sorriso brilhe de modo a virar monotonia. Peço aos deuses e a quem de poder, que a vida nos pregue partidas sem avisar para que tenhamos ideia de ultrapassar obstáculos fora do dia a dia rotineiro.
Sorrir de vez em quando, não faz mal. Sonhar e planear futuros longínquos, não faz mal. Imaginar o passar horas seguidas num quarto escuro, deitado a planear o futuro, não faz mal.
Até conseguir imaginar o brilho das estrelas eu testarei a alma que um dia vendi a já quem não sei.
Eu provo que não vale a pena procurar o futuro perfeito porque o presente passa num instante e a gente mal tem tempo de o usar.
Não há mistério em ser feliz, o que acontece é que a gente se perde sem perceber atrás da infelicidade que finge sentir.
Ser feliz é ter um Sorriso mesmo que seja para esconder o entulho.
- Se ela, a felicidade, não chegar entretanto eu vou-me embora.
- E vais para onde?
- Para junto dela!
- Felicidade?
Sim, mais para onde mesmo?
Finalmente declaro que personalidade e autenticidade são importantes. A gente não pode esquecer quem é.



Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007